9.3.09

Sinopse

Voo é um monólogo que oferece uma viagem lúdica , filosófica e performática sobre a eterna busca pela liberdade.

Revela o percurso de transformação de uma jovem, numa linguagem teatral que cria analogia à fase de transformação da lagarta à borboleta.

Ela se refugia em seu casulo, mas anseia poder voar. Se fortalece, se sensibiliza e encontra em si própria o seu ponto de transformação.

Voa com liberdade rumo ao seu próprio caminho.

Um comentário:

Ademar de Proença Filho disse...

Assisti o monológo em SP e gostei muito.
Parabéns pelo trabalho.
Tenho certeza que o Rio de Janeiro também irá gostar.
Beijos